oHub

menu

DIRF 2012 - Regras para Retenção e Preenchimento       

DIRF 2012
Evite autuações através do correto preenchimento

Por força da Instrução Normativa nº. 1.033/10, alterada pela Instrução Normativa nº. 1.076/10, foi instituída as regras para preenchimento da Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF) exigida anualmente pela RFB.

A pessoa jurídica que durante o exercício de 2.011 contratou serviços de terceiros, de assalariado e de outras pessoas físicas e reteve tributos na fonte no âmbito federal e/ou ultrapassado o limite de rendimento estabelecido pela legislação, está obrigado à entrega da DIRF. 

É de suma importância não só o correto preenchimento do programa, como também o domínio no aspecto legislativo acerca das retenções dos tributos federais. E isso vai de encontro ao objetivo proposto pelo curso com casos práticos, mostrando aos participantes os reflexos das informações imputadas na DIRF com as outras obrigações acessórias exigidas pela Receita Federal do Brasil.

O curso abordará o preenchimento do programa por entidades públicas e privadas, em consonância com as alterações promovidas pela legislação para o ano de 2012.


OBJETIVO 
Analisar, de forma prática e objetiva, as regras estabelecidas para retenção do IRRF, Pis/Pasep, Cofins e CSLL na contratação de serviços de terceiros, IRRF sobre o trabalho assalariado e demais pessoas físicas e o preenchimento da DIRF, onde serão analisadas detalhadamente todas as pastas e fichas que compõem o programa da DIRF, bem como os cuidados a serem tomados quanto aos cruzamentos da DIRF com as demais declarações administradas pela Receita Federal do Brasil. 
 

METODOLOGIA 
Metodologia de ensino com ênfase no aprendizado, baseada em conceitos didáticos que favorecem a participação ativa do aluno e a apreensão de conhecimentos. As exposições serão feitas com apoio no projetor de multimídia e em lousa branca. 
Obs.: solicita-se que o participante venha munido de calculadora.

Conteúdo Programático
Retenção das contribuições sociais (PIS-Pasep / Cofins / CSLL) 
	Serviços sujeitos à retenção 
	Retenção de Órgãos Públicos 
	Empresas do Simples Nacional 
	Análise da lista dos serviços sujeitos à retenção 
	As empresas tomadoras dispensadas de realizar a retenção 
	As empresas prestadoras dispensadas de sofrer a retenção 
	percentual de retenção e os casos para desdobramento das alíquotas 
	Os procedimentos a serem adotados pelo prestador na emissão da nota fiscal 
	Tratamento na compensação dos valores retidos 
	Prestadoras amparadas por meio judicial 
	comprovante anual de retenção das contribuições 
	Os limites para retenção das contribuições sociais 

 
Imposto de Renda na Fonte 
	Rendimentos do trabalho assalariado 
	Serviços tomados de pessoas físicas (autônomos) 
	Serviços profissionais 
	Serviços de limpeza, conservação, segurança, vigilância e locação de mão-de-obra. 
	Comissões, propaganda e publicidade. 
	Pagamentos a cooperativas do trabalho 
	Os limites para retenção do IRRF 
	Procedimentos para o recolhimento 

 
Preenchimento da DIRF 
	Quem está obrigado a apresentar 
	Quem está dispensado de apresentar 
	Prazo de entrega 
	As penalidades pela não entrega no prazo legal 
	Cuidados que devem ser tomados no preenchimento das fichas 
	Quais os rendimentos que devem ser informados na DIRF 
	Como informar as retenções das contribuições relativas à CSLL, Pis/Pasep e da Cofins 
	Preenchimento pelos órgãos, Autarquias e Fundações da Administração Pública Federal 
	Ficha beneficiários pessoas físicas 
	Ficha beneficiários pessoas jurídicas 
	Declaração retificadora 
	Principais mudanças para 2012 

 
Cruzamento das Informações 
	Cruzamento da DIRF com a DIRPF 
	Cruzamento da DIRF com a DIPJ 
	Cruzamento da DIRF com o DACON 
	Cruzamento da DIRF com a DCTF 

 
	Duração: 8horas
	Dia:
	Horário: 8:30H às 17:30H

Publicado por: Eduk Brasil


Curso de ifrs imposto de renda ifrs tributário contábil contabilidade sped tributos planejamento tributário pis cofins

São Paulo, SP - Brazil