oHub

menu

TECNOLOGIA DA USINAGEM DOS MATERIAIS       

Aqui está um livro que ajudará a reduzir custos e aumentar a produtividade da área de usinagem de sua empresa.
Trata-se do livro TECNOLOGIA DA USINAGEM DOS MATERIAIS, de autoria dos professores Anselmo Diniz, Francisco Marcondes e Nivaldo Coppini.
Em sua oitava edição, esta é uma das poucas obras brasileiras a tratar dos problemas da usinagem de uma forma nem excessivamente prática (como se fosse um manual), nem excessivamente teórica, como se fosse um compêndio científico.
A usinagem é uma operação comum à maioria das indústrias. E, da sua perfeita compreensão e aplicação, pode resultar uma redução de custos significativa para as empresas, inclusive de energia. Usinagem mal feita significa retrabalho, desperdício de material, má qualidade do produto final, etc.

APRESENTAÇÃO 
Este é um livro que tem como objetivo apresentar os fenômenos inerentes ao processo de usinagem de uma maneira nem excessivamente prática, na forma de um manual, nem excessivamente teórica, na forma de um compêndio científico.
Assim, em seus primeiros dois capítulos, apresentam resumos das normas brasileiras de Movimentos e Grandezas de Usinagem (capítulo 1) e Geometria da Ferramenta (capítulo 2), para que desde o início se estabeleça o vocabulário técnico que vai ser utilizado no transcorrer do livro.
No terceiro capítulo, é apresentada a fenomenologia de formação do cavaco e de geração de calor na usinagem. Nos capítulos 4, 6 e 7 discorre-se sobre todas as influências e fenômenos relativos aos esforços de usinagem, desgaste e vida da ferramenta e rugosidade da peça. Antes de se começar a falar sobre desgaste e vida da ferramenta (capítulos 6 e 7), aborda-se o tema -Materiais para FerramentasÂÂ?ÂÂ? (Capítulo 5), pois o conhecimento das propriedades do material da ferramenta é fundamental para que se entenda os mecanismos de desgaste.
No capítulo 8, discorre-se sobre toda a metodologia para definição das condições econômicas de usinagem. No capítulo 9, dá-se atenção especial ao material da peça em usinagem, e comenta-se sobre a relação das características do material e parâmetros como força de usinagem, desgaste da ferramenta e rugosidade da peça. No capítulo 10, é a vez de se abordar os fluidos de corte. Como na maioria dos exemplos utilizados nos capítulos anteriores, a operação de torneamento foi a mais utilizada, nos capítulos 11, 12 e 13 aplica-se todo o conhecimento adquirido até aqui nas operações de furação (capítulo 11), fresamento (capítulo 12) e retificação (capítulo 13).

Publicado por: Artliber Editora Ltda


Engenharia, solar, energia, eolica, editora, artliber, metais, montagens, usinagem, mecanica, arte, romance, plastico, polimero, materia,

São Paulo, SP - Brazil